Certificações AWS: O guia. Como se preparar e mandar bem! (Atualizado em Maio de 2021)

Certificações AWS: O guia. Como se preparar e mandar bem! (Atualizado em Maio de 2021)

HE
Hugo Eiji
Compartilhar:

Este artigo reflete a minha opinião pessoal sobre o assunto (não vinculado de nenhuma forma com alguma opinião da AWS) e foi pensado baseado no feedback de diversos amigos que me pediram opiniões sobre certificações e como se preparar para as certificações da Amazon Web Services (AWS).

Já faz um tempo que podemos observar o movimento natural das empresas, que passam a aceitar a nuvem não mais como algo a se pensar, mas como algo necessário e fundamental para suas transformações digitais ou sobrevivência em um mundo corporativo cada vez mais competitivo. Como cada mudança disruptiva na indústria, a força de trabalho precisa se adaptar ao novo conjunto de ferramentas disponíveis. Um profissional da área de tecnologia precisa reaprender a forma de desenhar, implantar e gerenciar aplicações em nuvem.

Nesse cenário, não temos como deixar de mencionar a AWS (Amazon Web Services) como líder no mercado de computação em nuvem. Como sempre no mercado de TI, certificações são uma excelente forma de demonstrar habilidades (não necessariamente experiência de mercado) de memorização, comprometimento, estudo e vontade de aprender. Características que na minha visão são importantes ferramentas no canivete suíço de TI do século 21.

CUPONS DE DESCONTO WHIZLABS (até 20% OFF) e SORTEIO DE 1 VOUCHER de 100% para um exame prático AWS + Mentoria de carreira em Tech

Se inscreva no meu canal do Youtube (https://www.youtube.com/channel/UCAw25lDTu6Zqbej-_79uEyA) e preencha esse form (https://forms.gle/BaeZjKuPRQ4GyAnR8) para concorrer e acessar os cupons de desconto no Whizlabs (corra que em breve eles devem expirar)

O que está sendo avaliado em uma certificação?

No meu ponto de vista, as certificações AWS são interessantes para pessoas de tecnologia que nunca trabalharam com nuvem, para pessoas de tecnologia com experiência em nuvem e também para empresas interessadas em contratar/capacitar profissionais qualificados.

Para quem já trabalha com AWS:

  • Revisar conceitos-chave e re-trabalhar áreas de fraqueza ou áreas não muito relacionadas com o seu trabalho do dia a dia. Por exemplo, algum engenheiro que trabalha com gerência de aplicações em EC2 pode aproveitar o estudo para saber mais sobre DynamoDB (Banco NoSQL gerenciado da AWS) e entender seu funcionamento.

Para quem nunca trabalhou com AWS:

  • Adquirir o conhecimento fundamental e as habilidades essenciais necessárias para se começar a trabalhar e arquitetar soluções na AWS.

Para empresas:

  • Buscar candidatos certificados validam (mas não garantem) familiaridade e conhecimento de boas práticas de computação em nuvem por parte do candidato.
  • Um crivo de que o colaborador possui um mínimo conjunto de skills e conhecimentos sobre um determinado assunto de forma mais generalista ou especialista (ex. Certificação de Security Specialty).
  • Integrar as certificações AWS na jornada de capacitação de seus times, entendendo que estas certificações são um investimento positivo na carreira dos colaboradores e também agregam conhecimentos para que o colaborador consiga contribuir ainda mais na jornada de nuvem das empresas.

As certificações existentes (atualizado em Maio de 2021)

foto com certificacoes

Conforme pode ser visto na figura acima (ref: https://aws.amazon.com/pt/certification/), as certificações AWS são divididas em algumas categorias:

Foundational

  • Conhecimento básico dos conceitos de nuvem, ideal para quem está começando no mundo de computação em nuvem ou para indivíduos que não possuem um perfil técnico mas trabalham em times ou empresas que utilizam nuvem. Para quem não quer sair de casa, inclusive agora é possível fazer a prova de casa, do seu computador, desde que se sigam algumas regras.(https://aws.amazon.com/pt/certification/certification-prep/testing/?ch=tile&tile=latestin&p=2&d=1)
  • Pré-requisitos: Recomendado ter pelo menos 6 meses de experiência em AWS (seja na área técnica, gestão, vendas, etc.).
  • Formato: Questões de múltipla escolha
  • Tempo: 90 minutos
  • Custo: 100 dólares
  • Áreas cobertas: Básico de arquitetura AWS, proposta de valor da nuvem, serviços essenciais, básico de segurança e compliances, modelo compartilhado de segurança, básico de operações e deploy.

Associate

  • Nível básico de conhecimento para pessoas técnicas que já possuem alguma vivência com AWS. Como o nome de cada certificação associate diz, cada uma delas é voltada para um perfil. Arquiteto de SoluçõesSysOps, e Desenvolvedor.
  • Formato: Questões de múltipla escolha
  • Tempo: 90 minutos
  • Custo: 150 dólares

Professional

  • Nível avançado de conhecimento, com muita experiência nos assuntos relacionados. As provas são complexas e o grande desafio é o grande conjunto de áreas envolvidas e a complexidade das questões. Diria que são, juntos com as provas de Specialty, as mais difíceis certificações AWS existente.
  • Formato: Questões de múltipla escolha
  • Tempo: 170 minutos
  • Custo: 300 dólares

Specialty

  • Semelhante ao nível professional, porém focado em um mergulho profundo em um tema específico como Big Data ou Security. Recomendado para pessoas que querem se especializar em uma área específica. Além das mencionadas na figura, existe uma certificação adicional de Alexa Skill Builder.
  • Formato: Questões de múltipla escolha
  • Tempo: 170 minutos
  • Custo: 300 dólares

Guias do exame

Para se ter mais informações sobre cada exame, basta acessar a página https://aws.amazon.com/pt/certification/ e clicar na insígnia do exame correspondente. Por exemplo, para a certificação AWS Certified Security - Specialty, temos:

Tela de treinamento

Podemos fazer o download de algumas questões de exemplo e o guia do exame com a ementa. Além disso, podemos verificar que o tempo é de 170 minutos e o custo de 300USD. Se você fez uma certificação anterior, pode conseguir um desconto.

Preparação

Vou falar pra vocês do meu método de preparo, que não necessariamente pode funcionar para todos. Já possuo certa experiência em AWS, tanto do ponto de vista de estudo autodidata como experiência prática em empresas e dando consultoria em AWS para empresas. Portanto, siga da forma que achar melhor.

Sabemos que o tempo é escasso e para um profissional ocupado é extremamente complexo arranjar tempo na agenda para se preparar para uma certificação. Para isso, existem sites específicos com material super relevante em vídeo que te preparam para os exames.

Recomendo os seguintes sites:

  • ACloudGuru (https://acloud.guru/) - Site ótimo para pessoas que não são de TI ou profissionais de TI que preferem uma abordagem mais generalista dos temas. Os simulados são ótimos para aprender mais, porém não acho que eles realmente representem a prova. Mas são um bom começo;
  • Udemy (https://www.udemy.com/) - Diria que o maior ganho é procurar cursos do ACloudGuru dentro do Udemy, pois sempre tem algum desconto :);
  • Whizlabs (https://www.whizlabs.com/) - Sem dúvidas o melhor site para simulados. Os simulados são bem próximos das provas reais. Para cada certificação, o Whizlabs possui um conjunto de testes práticos e também de testes específicos por área de domínio (ex. Kinesis, AWS Config, etc.).
  • Simulados comprados na própria página de certificação (https://www.aws.training/Certification). Muito relevante nas etapas finais antes da prova.

Na metodologia que vou apelidar de fastcert, você deve ter os seguintes pré-requisitos (idealmente):

  • Experiência de pelo menos 2 anos trabalhando com AWS na área relacionada;
  • Capacidade de leitura dinâmica;
  • Foco, muito foco.

A metodologia que eu utilizo é a seguinte (não garanto nenhum resultado, não venham reclamar comigo depois rs.):

  1. Sempre ler pelo menos 2 whitepapers da AWS por semana dos temas de meu interesse, independente de fazer certificação sobre o assunto ou não para desenvolver a cultura do estudo e aprimoramento constante e a disciplina e foco necessários para uma área em constante evolução;
  2. Fazer um simulado do ACloudGuru oi Whizlabs (meu favorito);
  3. Identificar quais áreas do exame você foi pior. Para cada uma delas, busque os whitepapers associados e vídeos do Re:Invent no Youtube e estude com afinco;
  4. Refaça o simulado;
  5. Para cada questão que errar, observe a resposta correta e as referências e estude-as (ex. No ACloudGuru são apontadas referências de documentação AWS para cada questão. No Whizlabs a maioria das perguntas tem uma resposta bem detalhada no próprio resultado da simulação;

Resposta do Simulado feito no Whizlabs

  1. Repetir o processo até tirar notas constantes acima de 87%;
  2. Marcar a prova e fazer;
  3. Ir para a próxima certificação.

Estratégias para a prova

Marque a prova em: https://www.aws.training/Certification

Até começar a prova

Durante a prova

  • Mantenha a calma;
  • Entenda que você se preparou bem nos simulados, vai dar tudo certo;
  • Não perca muito tempo em uma questão que você não sabe responder. Se chegou em uma questão e você está em dúvidas, marque a Flag (bandeira) de review e vá para a próxima;
  • Ao terminar de responder tudo, volte para as perguntas com flag de revisão e cautelosamente revise o conteúdo. Geralmente você consegue tem um bom tempo para fazer isso até o tempo fim da prova (menos nas provas nível professional. Essas possuem um tempo muito escasso).

Depois da prova

  • Depois de responder tudo e submeter, você receberá uma mensagem dizendo se você teve sucesso ou não. Em cerca de 4 dias úteis, você receberá um email com a confirmação oficial.

No site de certificações, você pode fazer o download do certificado e também ver a sua nota:

onde baixar comprovantes

Benefícios de quem se certifica

Referência: https://aws.amazon.com/pt/certification/benefits/

imagem com beneficios de cert

E não é só isso! Ao passar em uma certificação, você ganha as suas badges (insígnias) para mostrar sua conquista. Além disso, você pode ganhar brindes (SWAG) em eventos AWS como o AWS Summit SP, além de desconto para fazer os próximos exames :).

Preço das certificações

  • Practitioner = $100
  • Associate = $150
  • Professional = $300
  • Specialty = $300

Dicas Finais

Conclusão

A jornada é dura mais recompensadora. Se tiverem dicas adicionais ou dúvidas adicionais, comentem para que eu possa enriquecer o post e ajudar outras pessoas que estão buscando se certificar!

Grande abraço!

Se conecte com o Hugo Carvalho no LinkedIn! (https://www.linkedin.com/in/hugoeiji/)

E para seguir bem informado sobre tecnologia e como se desenvolver na sua carreira, continue acompanhando o blog da TechDegree.